"As pessoas querem perguntar sobre minha vida, mas se vocês simplesmente olharem para as coisas que eu escrevo, ai sim saberão de toda minha história." (Marilyn Manson)

segunda-feira, 25 de julho de 2011

MOMENTO ENGANAÇÃO TAM.

Sempre acreditei muito na idoneidade de empresas que com o passar dos anos se mantém de pé recebendo sempre muitas críticas favoráveis no seu jeito de servir. Falo servir no sentido de tratar bem, ser transparente, zelar, prestar bom atendimento, etc...
Todo cliente que tem suas expectativas atendidas de acordo com o que é oferecido por uma empresa, responde da melhor maneira possível: FIDELIDADE. 

Fidelidade é um caminho de mão dupla, é o ''GANHA-GANHA''. 
Você ganha, logo, eu ganho também e, dessa forma, o sucesso é garantido. Se você oferece um produto e com ele cria meios de fidelizar o seu cliente, acredito que a intensão seja de agradar, certo? 
Bom, teoricamente a resposta seria: CERTO, mas no caso da TAM está acontecendo o inverso.
Como ser fiel a um programa de milhagem se este te cobra 100.000 milhas por trecho????

Ou seja, um casal que quer usar suas milhas em uma viagem pra América do Norte e desperdiça 400.000 milhas por trecho não é fiel à companhia aérea e sim uma vítima da mesma!!!


 Absurdo total...vergonha nacional!!!


Vou anexar aqui uma carta que recebi por e-mail, escrita à empresa por um amigo que está vivendo essa situação de repulsa e desrespeito:


''Prezados senhores,

Boa noite!
Como cliente de vocês sinto que a TAM começou a retirar o “carpete vermelho” e a deixar de atuar de empresa comprometida na geração de valor aos seus “Stakeholders” a partir da morte do Comandante Rolin.
Bons tempos aqueles em que se escrevia para o Presidente e ele vinha com uma solução, não se escondendo atrás de regras criadas com o “jogo em andamento” para enganar e ludibriar clientes e pessoas de boa fé, que sempre depositaram confiança na TAM que ele criou.
Pergunto a mim mesmo como uma empresa pode se rebaixar tanto!!!
Como uma empresa cria uma imagem à semelhança de um visionário e joga tudo fora com uma administração descompromissada que engana seus clientes criando regras que não estavam estabelecidas quando esses mesmos clientes estavam acumulando seus pontos.

Isto é propaganda enganosa...

Os clientes precisam entrar no PROCON contra esta farsa!!!

Precisamos utilizar a mídia social disponível (Facebook, Twiter, Orkut, Blogs, etc...) para alertar gente de boa fé contra uma TAM armada para enganar e ultrajar pessoas incautas que acreditaram na seriedade implementada pelo seu fundador!!!

É isso que vocês querem?

É isso que os acionistas e o Conselho de Administração estão orientando a atual administração a fazer?
Ou será que esta atual administração está tomando medidas à revelia das boas práticas de gestão para enfraquecer a empresa perante a concorrência?

Será que é isto... estão providenciando um fim para a companhia nos mesmos moldes

do que aconteceu com a TRANSBRASIL, a VASP e a VARIG?
Sinceramente gostaria de desconsiderar a resposta abaixo, pois caso contrário confirmará todas as minhas considerações acima, e receber uma solução efetiva de vocês... como o Comandante na certa faria!

Agradeço suas reais e consistentes providências.''



A resposta dada pelo departamento responsável da TAM ao 1o. contato telefônico feito por esse meu amigo foi essa logo abaixo descrita:

''Tomamos conhecimento de seu telefonema ao serviço Fale com o Presidente e gostaríamos de agradecer sua atenção em entrar em contato conosco.

Atendendo a inúmeros pedidos de Clientes, a TAM implantou uma nova funcionalidade no Programa TAM Fidelidade, que é a flexibilização de tarifas na classe com emissão de pontos.

Para voos internacionais de longo curso operados pela TAM (Estados Unidos e Europa) existia uma limitação de oferta de assentos para emissão de passagens com pontos do Programa TAM Fidelidade. Dependendo da época do ano e da expectativa de demanda para determinado voo, os lugares para esse tipo de emissão, assim como a oferta de promoções, variavam muito. Para um voo com demanda aquecida em alta temporada ou num feriado nacional, as tarifas promocionais e as cotas para utilização de pontos acabavam sendo oferecidas em menor número ou poderiam não ser oferecidas.

Pensando nessa situação e analisando a realidade de clientes que dispõem de muitos pontos, mas não encontram disponibilidade para emissão, criamos as classes irrestritas em que é possível emitir um bilhete com pontos em qualquer voo, em qualquer época do ano, desde que haja lugares disponíveis para reserva. Essas classes irrestritas exigem uma pontuação superior que foi estimada com base nas tarifas cheias. A lógica é a mesma para as tarifas pagantes (quanto mais aquecida a demanda, menos disponibilidade de promoções).

Atualmente o Cliente pode visualizar no site da TAM a disponibilidade de lugares para emissão com pontos no período de 15 dias antes e 15 dias depois da data escolhida

Por isso, sugerimos uma consulta ao site www.tamfidelidade.com.br/resgate para mais informações.

Esperamos que tais mudanças atendam suas necessidades e ficamos à disposição se desejar outros esclarecimentos.

Atenciosamente,

Departamento Fale com o Presidente
Serviço de Atendimento ao Cliente
TAM Linhas Aéreas''

Espero sinceramente que o desfecho seja o melhor possível. Quem quiser e puder, divulgue!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...

myfreecopyright.com registered & protected